Sobre a Revista

 

 


TOPO

ÂMBITO E ESTATUTO EDITORIAL

A Revista Portuguesa de Investigação Comportamental e Social [RPICS] é uma publicação semestral do Departamento de Investigação & Desenvolvimento do Instituto Superior Miguel Torga dedicada à investigação na área pluridisciplinar que caracteriza o seu projeto editorial desde 2015, incluindo as ciências do comportamento (psicologia, neuropsicologia, terapias familiares, pedagogia, medicina, neurociências, etc.) e sociais (serviço social, sociologia, gestão, etc.). 

A RPICS é financiada através de recursos próprios e tem como objetivo publicar e difundir estudos sobre processos emocionais, dimensões neuropsicológicas, processos sociais e comportamentais ao longo do ciclo vital, programas e processos terapêuticos, psicometria e temas relacionados com a sociedade, valores, identidades e relações sociais. 

A RPICS dirige-se a psicólogos, assistentes sociais, sociólogos, enfermeiros, médicos e outros profissionais com interesse na investigação comportamental e/ou social.

Esta revista de acesso aberto aceita a submissão de artigos originais com dados empíricos e artigos de revisão ou de metanálise em português, inglês ou espanhol, dando especial boas vindas aos trabalhos de investigação de Países de Língua Portuguesa. A revista faz chamada permanente para artigos; ou seja, os autores podem submeter artigos para consideração ao longo do ano. 

Todo o conteúdo está disponível on-line e é de Acesso Aberto, significando que todo o conteúdo é disponibilizado gratuitamente sem encargos para os seus usuários ou instituições. Os utilizadores estão autorizados a ler, descarregar, copiar, distribuir, imprimir, pesquisar, ou criar ligações para os textos completos dos artigos, ou utilizá-los para qualquer outro propósito legal, sem pedir permissão prévia ao editor ou ao autor. Isto está de acordo com a definição da BOAI de acesso aberto.

A Diretora e editora-chefe decidem sobre o conteúdo de cada número em função das propostas quer do corpo editorial quer dos autores. O primeiro filtro de qualidade é efetuado pelas editoras-chefes ou por um dos membros do corpo editorial. Para além desse filtro, cada um dos trabalhos passa por uma avaliação dupla externa anónima realizada por revisores especialistas na área do artigo.

A equipa editorial da RPICS compromete-se a cumprir a Lei da Imprensa e a orientar-se pelo cumprimento dos princípios deontológicos e da ética que regem a investigação científica, tal como referido ao longo deste Estatuto Editorial, assim como o respeito pela boa-fé dos leitores.

As normas de conduta ética da RPICS baseiam-se no Code of Conduct and Best Practice for Journal Editors of the Committee on Publication Ethics (COPE) e no Code of Ethics of the World Medical Association (Declaração de Helsínquia) para estudos com seres humanos.


TOPO

FICHA TÉCNICA

Diretora: Helena Espírito Santo

Editora-chefe: Sónia Guadalupe

Equipa editorial: corpo editorial e assistentes

Propriedade e Edição: Instituto Superior Miguel Torga, Largo da Cruz de Celas, nº 1, 3000-132 Coimbra

NIPC: 900201835

Redação: Departamento de Investigação & Desenvolvimento, Rua Augusta, nº 46, 3000-061, Coimbra, Portugal

ISSN online: 2183-4938

Registo provisório na ERC: 127472


TOPO

INDEXAÇÃO E DIRETÓRIOS 

CrossRefBielefeld Academic Search Engine (BASE), CIRC (Clasificación Integrada de Revistas Científicas), CORE, DialnetDOAJ, ESCI (Emerging Sources Citation Index), ERIH PLUS (European Reference Index for the humanities and social sciences), LatindexGoogle Scholar, OAJI (Open Academic Journals Index), PKP | INDEXRCAAPREDIBResearchGate, Scilit (Scientific Literature)

REGISTO PÚBLICO DOS REVISORESPublons


TOPO

PERIODICIDADE

A RPICS é publicada semestralmente, sendo os seus artigos publicados coletivamente em cada sumário.


TOPO

POLÍTICA DE ACESSO LIVRE

A RPICS oferece acesso livre imediato ao seu conteúdo, seguindo o princípio de que disponibilizar gratuitamente o conhecimento científico ao público proporciona maior democratização mundial do conhecimento.


TOPO

TAXAS

A publicação na RPICS não exige ao autor o pagamento de qualquer taxa, seguindo o princípio de que a ciência deve estar aberta a todos e livre de custos na sua divulgação.


TOPO

PATROCINADORES

Instituto Superior Miguel Torga, Coimbra, Portugal


TOPO

HISTÓRICO DA REVISTA

A Revista Portuguesa de Investigação Comportamental e Social foi fundada em 2014 por Helena Espírito Santo e Sónia Guadalupe, professoras auxiliares do Instituto Superior Miguel Torga e coordenadoras do Departamento de Investigação & Desenvolvimento.

O primeiro número foi publicado em 2015.