Pessoas vivendo com VIH, pessoas LGBT e vivências interseccionais: concepções de adultos jovens sobre a velhice e o envelhecimento

Autores

DOI:

https://doi.org/10.31211/rpics.2022.8.2.243

Palavras-chave:

HIV, Intereseccionalidade, LGBT, Representações Sociais, Velhice

Resumo

Objetivo: Este estudo teve como objetivo compreender as representações sociais da velhice LGBT (lésbicas, gays, bissexuais, travestis e transexuais) entre adultos vivendo com vírus da imunodeficiência humana (VIH) no Brasil. Método: Participaram do estudo 111 pessoas de 21 Estados brasileiros, com média de idade de 42 anos, a maioria homens (85%), com orientação sexual homossexual (75%), solteiros (85%) e sem religião (34%). Para a coleta de dados foi utilizado um questionário sociodemográfico, também foi utilizada uma entrevista estruturada; ambos os instrumentos foram aplicados online. Resultados: As classes de representações partilhadas pelo grupo investigado se estruturam em três eixos principais: Velhice de pessoas LGBT; Velhice de pessoas que vivem com VIH; Interseccionalidade e pontos em comum entre os grupos. Conclusões: As representações direcionadas às especificidades de cada grupo foram: Idosos LGBT, ligados à solidão e discriminação; Pessoas vivendo com VIH, relacionadas com o uso contínuo de medicamentos. As experiências comuns e intersetoriais para ambos os grupos são as relacionadas com a vivência do estigma e da exclusão social. Assim, a partir das representações apreendidas, percebe-se a necessidade de uma compreensão interseccional acerca dos grupos investigados, tal como, a importância de trabalhar no combate aos estereótipos negativos aos quais esses sujeitos são submetidos.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

Alves, M. A., Venturi, A. F. A., & Antunes, J. M. N. (2020). A pessoa idosa e HIV/AIDS: Descoberta, percepções e enfrentamento. Interciência & Sociedade, 5(1), 1–16. https://bit.ly/3yPN4Vt

Alves, M. E. S., & Araújo, L. F. (2020). Interseccionalidade, raça e sexualidade: Compreensões para a velhice de negros LGBTI+. Revista de Psicologia da IMED, 12(2), 161–178. https://doi.org/hvmv

Araújo, L. F. D., Leal, B. D. S., Santos, J. V. D. O., & Sampaio, A. V. C. (2019). Análise da resiliência entre pessoas que vivem com HIV/AIDS: Um estudo psicossocial. Psicologia: Teoria e Pesquisa, 35, Article e35416. https://doi.org/hvmw

Barbosa, G. C., Faria, T. K., Ribeiro, P. C. C., & Mármora, C. H. C. (2020). A relação entre fatores biopsicossociais e os desfechos clínicos de hospitalização, institucionalização e mortalidade segundo o paradigma de desenvolvimento lifespan. Brazilian Journal of Development, 6(11), 85823–85846. https://doi.org/hvvs

Bonassi, B. C., dos Santos Amaral, M., Toneli, M. J. F., & de Queiroz, M. A. (2015). Vulnerabilidades mapeadas, violências localizadas: Experiências de pessoas travestis e transexuais no Brasil. Quaderns de Psicologia, 17(3), 83–98. https://doi.org/hxhs

Brandão, B. M. G. M., Angelim, R. C. M., Marques, S. C., Oliveira, R. C., & Abrão, F. M. S. (2020). Living with HIV: Coping strategies of seropositive older adults. Revista da Escola de Enfermagem da USP, 54, Article e03576. https://doi.org/gmfc3g

Buchanan, N. T., & Wiklund, L. O. (2021). Intersectionality research in psychological science: Resisting the tendency to disconnect, dilute, and depoliticize. Research on Child and Adolescent Psychopathology, 49(1), 25–31. https://doi.org/hvvt

Burnes, D., Sheppard, C., Henderson, C. R., Jr., Wassel, M., Cope, R., Barber, C., & Pillemer, K. (2019). Interventions to reduce ageism against older adults: A systematic review and meta-analysis. American Journal of Public Health, 109(8), 1–9. https://doi.org/gf9gkb

Camargo, B. V., & Justo, A. M. (2013). IRAMUTEQ: Um software gratuito para análise de dados textuais. Temas em Psicologia, 21(2), 513–518. https://doi.org/gf9cch

Carlos, K. P. T., Santos, J. V. O., & Aráujo, L. F. (2018). Representações sociais da velhice LGBTI: Estudo comparativo entre universitários de direito, pedagogia e psicologia. Psicogente, 21(40), 43–66. https://doi.org/gmfc4c

Chamon, E. M. Q. O., Lacerda, P. G., & Marcondes, N. A. V. (2017). Um breve revisar de literatura sobre a teoria das representações sociais. Revista de Ensino, Educação e Ciências Humanas, 18(4), 451–457. https://doi.org/hvvw

Cohen, R., & Rocha, C. M. F. (2019). Envelhecimento ativo: A produção contemporânea de corpos Idosos assujeitados. Revista de Ciências Humanas, 53, 1–9. https://doi.org/hvvx

Coutinho, L. S. B., & Tomasi, E. (2020). Déficit de autocuidado em idosos: Características, fatores associados e recomendações às equipes de estratégia saúde da família. Interface - Comunicação, Saúde, Educação, 24(1), Article e190578. https://doi.org/hvvz

Di Masi, F., Conceição, R. R., Ribeiro, L. C. P., & Costa, G. (2020). Recomendações para a prática de exercício físico para pessoas vivendo com HIV durante a pandemia de COVID-19. Revista de Educação Física/Journal of Physical Education, 89(1), 47–51. https://doi.org/hvv2

Fernandes-Eloi, J., Prudêncio, S. M., & Dias, M. D. (2020). Vivências da sexualidade na velhice: Investigações sobre percepção corporal e satisfação sexual de idosos homossexuais e heterossexuais. In H. S. Silva, & L. F. Araújo. (Orgs.), Envelhecimento e velhice LGBT: práticas e perspectivas biopsicossociais (pp. 103–118). Alínea.

Fonseca, L. K. S., Araújo, L. F., Santos, J. V. O., Salgado, A. G. A. T., Jesus, L. A. & Gomes, H. V. (2020). Velhice LGBT e facilitadores de grupos de convivências de idosos: Suas representações sociais. Psicología Desde el Caribe, 37(1), 91–106. https://doi.org/hvv4

Fraser, S., Lagacé, M., Bongué, B., Ndeye, N., Guyot, J., Bechard, L., Garcia, L., Taler, V., CCNA Social Inclusion and Stigma Working Group, Adam, S., Beaulieu, M., Bergeron, C. D., Boudjemadi, V., Desmette, D., Donizzetti, A. R., Éthier, S., Garon, S., Gillis, M., Levasseur, M., M., … Tougas, F. (2020). Ageism and COVID-19: What does our society's response say about us? Age and Ageing, 49(5), 692–695. https://doi.org/ggvcxk

Galvão, M. T. G., Bonfim, D. Y. G., Gir, E., Carvalho, C. M. D. L., Almeida, P. C. D., & Balsanelli, A. C. S. (2012). Esperança em mulheres portadoras da infecção pelo HIV. Revista da Escola de Enfermagem da USP, 46(1), 38–44. https://doi.org/hvv5

Ghasemi, E., Majdzadeh, R., Rajabi, F., Vedadhir, A., Negarandeh, R., Jamshidi, E., Takian, A., & Faraji, Z. (2021). Applying intersectionality in designing and implementing health interventions: A scoping review. BMC Public Health, 21(1), Article 1407. https://doi.org/gnrxq8

Gomes, H. V., Araújo, L. F., Trevia Salgado, A. G. A., Jesus, L. A., Fonseca, L. K. S., & Alves, M. E. S. (2020). Envelhecimento de homens gays brasileiros: Representações sociais acerca da velhice LGBT. Psychologica, 63(1), 45–64. https://doi.org/hvv6

Henning, C. E. (2017). Gerontologia LGBTI: Velhice, gênero, sexualidade e a constituição dos “idosos LGBTI”. Horizontes Antropológicos, 23(47), 283–323. https://doi.org/hvv7

Henning, C. E. (2020). Nem no mesmo barco nem nos mesmos mares: Gerontocídios, práticas necropolíticas de governo e discursos sobre velhices na pandemia da COVID-19. Cadernos de Campo, 29(1), 150–155. https://doi.org/hvv8

Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. (2018). Projeção da população (revisão 2018). https://bit.ly/3lzVHLS

Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. (2019). Pesquisa nacional por amostra de domicílios contínua (PNAD Contínua) 2019. https://bit.ly/38BMCQa

Jesus, L. A., Araújo, L. F., Santos, J. V. O., Gomes, H. V., Salgado, A. G. A. T., & Monte, M. (2019). Velhice LGBT e pessoas espíritas: Um estudo das representações sociais. Revista de Psicología, 28(2), 1–9. https://doi.org/hvwm

Kapilashrami, A., & Hankivsky, O. (2018). Intersectionality and why it matters to global health. Lancet, 391(10140), 2589–2591. https://doi.org/gghvv9

Jodelet, D. (2018). Ciências sociais e representações: Estudo dos fenômenos representativos e processos sociais, do local ao global. Sociedade e Estado, 33(2), 423–442. https://doi.org/gm293j

Lacerda, J. S., Paulo, R. G., Aoyama, E. A., & Rodrigues, G. M. M. (2019). Evolução medicamentosa do HIV no Brasil desde o AZT até o coquetel disponibilizado pelo Sistema Único de Saúde. Revista Brasileira Interdisciplinar de Saúde, 1(4), 83–91. https://bit.ly/3lsAbcb

Leal, M. D. G. S., & Mendes, M. R. D. O. (2017). A geração duplamente silenciosa — Velhice e homossexualidade. Revista Longeviver, 51, 1–18. https://bit.ly/3wyh32J

Lyons, A., Alba, B., Heywood, W., Fileborn, B., Minichiello, V., Barrett, C., Hinchliff, S., Malta, S., & Dow, B. (2017). Experiences of ageism and the mental health of older adults. Aging & Mental Health, 22(11), 1456–1464. https://doi.org/gf898v

Marshall, A., & Cahill, S. (2021). Barriers and opportunities for the mental health of LGBT older adults and older people living with HIV: A systematic literature review. Aging & Mental Health, 11, 1–10. https://doi.org/hvwk

Mongiovi, V. G. (2018). Representações sociais de adolescentes sobre a homofobia no contexto escolar [Dissertação de mestrado]. Universidade Federal de Pernambuco, UFPE, Brasil. https://bit.ly/3Ntnaes

Moscovici, S. (2007). Representações sociais: Investigações em psicologia social. Vozes.

Nogueira, C. F., & Boris, G. D. J. B. (2019). Envelhecimento na perspectiva fenomenológico-existencial de Sartre e de Beauvoir. Revista de Psicología (Santiago), 28(2), 95–109. https://doi.org/hvwj

Nogueira, L. F. R., Pellegrino, P., Duarte, A. S., Inoue, S. R. V., & Marqueze, A. C. (2019). Transtornos mentais comuns estão associados a maior carga viral em pessoas vivendo com HIV. Saúde Debate, 43(121), 464–476. https://doi.org/hvwh

Oliveira, H. N., Silva, C. A. M., & Oliveira, A. T. R. (2019). Imigração internacional: uma alternativa para os impactos das mudanças demográficas no Brasil? Revista Brasileira de Estudos de População, 36, 1–31. https://doi.org/hvwh

Pereira, M. C. A., & Santos, L. D. F. (2020). Caminhos para o envelhecimento saudável: Relação entre hipertensão arterial sistêmica e principais fatores de riscos modificáveis. Revista Ciência Plural, 6(1), 74–91 https://doi.org/hvwg

Pimentel, G. S., Ceccato, M. G. B., Costa, J. O., Mendes, J. C., Bonolo, P. F., & Silveira, M. R. (2020). Qualidade de vida em indivíduos iniciando a terapia antirretroviral: um estudo de coorte. Revista de Saúde Pública, 54, 1–14. https://doi.org/hvwf

Salgado, A. G. A. T., Araújo, L. F., Santos, J. V., Jesus, L. A., Gomes, H. V., & Araújo, M. M. (2020). Diferentes crenças religiosas e suas concepções psicossociais sobre a velhice LGBT. In H. S. Silva, & L. F. Araújo. (Orgs.). Envelhecimento e velhice LGBT: práticas e perspectivas biopsicossociais (pp. 185–196). Alínea.

Santos, J. V. D. O., Araújo, L. F. D., & Negreiros, F. (2018). Atitudes e estereótipos em relação a velhice LGBTI. Interdisciplinar-Revista de Estudos em Língua e Literatura, 29, 57–69. https://bit.ly/3wA1oQB

Santos, J. V. O., Araújo, L. F., Fonseca, L. K. F., Salgado, A. G. A. T., & Jesus, L. A. (2020). O que os brasileiros pensam acerca da velhice LGBT? Suas representações sociais. Avances en Psicología Latinoamericana, 38(2), 1–14. https://doi.org/hvwd

Silva, C. M., Santos, A. A. P., Souza, E. M. S., Alves, R. S., & Reis, R. K. (2020). Social representations of individuals over 50 years old living with HIV. Revista Brasileira de Enfermagem, 73(3), Article e20190332. https://doi.org/hvwc

Silva, H. S., & Araújo, L. F. (2020). Velhice LGBT: Apresentação de um panorama de estudos nacionais e internacionais. In H. S. Silva, & L. F. Araújo. (Orgs.). Envelhecimento e velhice LGBT: práticas e perspectivas biopsicossociais (pp. 15–44). Alínea.

Silva Filho, P. S. P., Nascimento, H. M. S., Sousa, J. M. S., Amaral, S. M., Aguiar, P. H. F., Raiol, S. R. N., Soares, J. M., Silva, T. A., Guimaraes, T. R. A., Bastos, D. D., Bastos, D. D., Santos, G. R., Jr., Gomes, J. P., Sá, L. F. P., Lopes, A. M. A. P., & Rego, I. C. N. (2020). Relação entre a infecção pela COVID-19 em pacientes com HIV. Research, Society and Development, 9(9), Article e104996518. https://doi.org/hvv3

Simieli, I., Padilha, L. A. R., & Tavares, C. F. F. (2019). Realidade do envelhecimento populacional frente às doenças crônicas não transmissíveis. Revista Eletrônica Acervo Saúde, 37, Article e1511. https://doi.org/hvwb

Slatch, I. M., Ahmed, M. M., & Mubarak, F. (2018). Depression and suicidal ideation among transgenders. Journal of Rawalpindi Medical College, 22(4), 353–356. https://bit.ly/3839SWM

Sousa, L. R. M., Moura, L. K. B., Valle, A. R. M. C., Magalhães, R. L. B., & Moura, M. E. B. (2019). Social representations of HIV/AIDS by older people and the interface with prevention. Revista Brasileira de Enfermagem, 72(5), 1129–1136. https://doi.org/gmfc4p

Swift, H. J., & Chasteen, A. L. (2021). Ageism in the time of COVID-19. Group Processes & Intergroup Relations: GPIR, 24(2), 246–252. https://doi.org/gmbkjx

Tavares, M. C. A., Leal, M. C. C., Marques, A. P. O., & Zimmermann, R. D. (2019). Social support for the elderly with HIV/Aids: an integrative review. Revista Brasileira de Geriatria e Gerontologia, 22(2), Article e180168. https://doi.org/hvv9

Downloads

Publicado

03-08-2022

Como Citar

da Silva Sousa, E. M. ., Alves, M. E. da S., de Araújo, L. F. ., Bezerra, I. E. de L., Silva, M. F. L., Lima Filho, G. de S., & de Alcântara, J. G. (2022). Pessoas vivendo com VIH, pessoas LGBT e vivências interseccionais: concepções de adultos jovens sobre a velhice e o envelhecimento. Revista Portuguesa De Investigação Comportamental E Social, 8(2), 1–14. https://doi.org/10.31211/rpics.2022.8.2.243

Edição

Secção

Artigo Original

Artigos mais lidos do(s) mesmo(s) autor(es)