Validação do Youth Quality of Life Instrument (YQOL-R) para a população portuguesa

Autores

DOI:

https://doi.org/10.7342/ismt.rpics.2015.1.2.24

Palavras-chave:

Qualidade de vida relacionada com a saúde, Crianças, Adolescentes, YQOL-R, Estudo instrumental

Resumo

Objetivo: É incontornável o estatuto que o conceito de qualidade de vida assume hoje na prática e políticas de saúde pública. Na infância e adolescência é ainda escassa a investigação, tornando-se crucial o desenvolvimento de instrumentos de qualidade vida relacionada com a saúde validados para esta população. O presente trabalho tem como objetivo fundamental analisar as qualidades psicométricas e validar a versão portuguesa do Youth Quality of Life (YQOL-R). Métodos: A amostra é constituída por 507 adolescentes, com idades compreendidas entre os 12 e os 19 anos (M = 15,74; DP = 1,62), a frequentar o 3.º ciclo do ensino básico e ensino secundário de escolas públicas do ensino regular. Para além do citado instrumento a validar, os jovens preencheram também, para a análise da validade convergente e divergente, o Kidscreen-27 e a Escala da Depressão, Ansiedade e Stresse (EADS-21). Resultados: O YQOL-R apresenta uma estrutura fatorial de quatro fatores, semelhantes à versão original americana (individual, relações sociais, ambiente e qualidade de vida em geral). Possui uma boa consistência interna e uma adequada estabilidade temporal. Mostrou correlações significativas e no sentido esperado com as variáveis em estudo. Foram igualmente encontradas diferenças entre sexos em relação à qualidade de vida, sendo os rapazes a reportarem em média níveis mais elevados de perceção da qualidade de vida, comparativamente às raparigas. Conclusões: Futuros estudos devem ser realizados em amostras clínicas para confirmação dos dados. Não obstante esta limitação, o presente estudo contribuiu para a disponibilização de um novo instrumento para avaliação da qualidade de vida em crianças e adolescentes, o qual evidenciou boas propriedade psicométricas, apoiando, assim empiricamente, a sua utilização nas práticas de saúde e investigação em amostras da comunidade.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografias Autor

Sara Mendes, Instituto Superior Miguel Torga, Coimbra, Portugal

Psicóloga Clínica

Marina Cunha, Instituto Superior Miguel Torga; Centro de Investigação do Núcleo de Estudos e Intervenções Cognitivo-comportamentais, Universidade de Coimbra, Portugal

Professora Auxiliar, Investigadora, Psicóloga clínica

Ana Xavier, Centro de Investigação do Núcleo de Estudos e Intervenções Cognitivo-comportamentais, Universidade de Coimbra, Portugal

Psicóloga Clínica

Margarida Couto, Instituto Superior Miguel Torga, Coimbra, Portugal

Professora auxiliar, Psicóloga Clínica

Ana Galhardo, Instituto Superior Miguel Torga; Centro de Investigação do Núcleo de Estudos e Intervenções Cognitivo-comportamentais, Universidade de Coimbra, Portugal

Professora Auxiliar, Investigadora, Psicóloga clínica

Downloads

Publicado

2015-09-30

Como Citar

Mendes, S., Cunha, M., Xavier, A., Couto, M., & Galhardo, A. (2015). Validação do Youth Quality of Life Instrument (YQOL-R) para a população portuguesa. Revista Portuguesa De Investigação Comportamental E Social, 1(2), 58–68. https://doi.org/10.7342/ismt.rpics.2015.1.2.24

Edição

Secção

Artigo Original

Artigos mais lidos do(s) mesmo(s) autor(es)

1 2 > >>